Lobo Hombre en Paris

🎙⚡️Já sabem se gostarem, #PARTILHEM … quem não se lembra do hit dos #LaUnion de meados dos #anos80 … em tom de homenagem a estes #nuestroshermanos deixo-vos aqui ‘Lobo Hombre en Paris’ na minha voz! Mais uma vez escolhi uma composição onde a letra me diz muito …

🔥🔥 faz um favor a ti próprio(a) e ouve o original 👇👇👉👉 https://youtu.be/9qbxiPLVHNE

A minha história sobre esta música;
👇👇👇👇
“Lobo Hombre en Paris”, conta a história de um lobo fanático e fiel seguidor do homem. E não porque o quisesse comer, mas porque desejava ser um deles. Este lobo, chamado Denis, todas as noites de lua cheia ia para Paris para conseguir todos os dias Roupa humana, utensílios, livros, jóias … Resumindo: tudo o que tinha a ver com os homens. Mas seu fanatismo não pára por aí: Denis espia continuamente os casais que levam o seu romance para os lugares mais escondidos da cidade do amor. Uma noite, enquanto faz sua habitual rodada noturna, ele é visto por um mágico (o mago do Sião, diz a canção) que seduziu uma garota. O lobo, percebendo que é visto, tenta fugir, mas é impossível: o mágico chega e dá uma mordida grande. “Espionagem surpresa, o lobo escapa uivando e é mordido pelo mago do Sião. “A partir desse momento, Denis não é mais o mesmo e (ao contrário da lenda clássica do lobisomem) todas as noites da lua cheia se tornam um homem. Denis decide aproveitar isso e pretende conquistar uma mulher; no entanto, ele comete um erro: ele escolhe a errada. Depois de ter passado a noite com a sua conquista, com quem se encontrou em um restaurante (ou bar, dependendo da versão que você deseja participar), ele pretende ir com o ar mais natural, mas pedir o pagamento por serviços prestados. Denis se recusa e tenta fugir, mas ao sair encontra três “amigos” da mulher, a quem enfrenta e derrota, embora também esteja ferido. “Enquanto comer jantar ao lado dele, estabeleceu uma jovem mulher que ele vai contemplar … A lua cheia sobre Paris tornou-se homem Denis. “Ao observar que começa ao anoitecer, Denis sai da cidade, enquanto retorna à sua forma natural. Quando ele finalmente se recuperou, ele percebe que agora é um lobo com problemas humanos e da tranquilidade do gostar de estar lobo foi interrompido por todo o peso da humanidade. Ele percebe que a essência humana, que agora corre em suas veias, o levou a conceber o peso existencial que advém de ser um homem.
‘ da vida se faz a morte, alguns vivem, outros querem viver-nos, do último grito ao mais alto suspiro, advém-se de tudo e de todos. O seu nome é Denis, o meu é simplesmente Madri, mas tudo fica claro … só para quem não vê, nem sabe!
Madri